Para ser divino preciso estar disposta a ser humana

Scroll down to content

Afinal humana é o que sou
Me chama atenção o quanto tentamos ser “sobrenaturais”
Ser algo que seria surpreendente, e que basicamente não seríamos nós mesmos
E muito menos humanos
Afinal ser humano requer muito.
Muito daquilo que imaginamos que não temos é que não somos
Nesta idealização perdemos o que realmente somos
Li num livro “qual é o seu talento único?“ o que é que você faz, de uma forma tão única, que só você faz assim?
Vivi muitos anos tentando saber meu talento único
E tudo que eu fazia, pensava!
mas qualquer pessoa poderia fazer isto.
E me retirava da espontaneidade para tentar descobrir o que eu fazia que era tão “diferente”,
foi assim que interpretei, talento único algo extraordinário, chamativo, sensacional
E segui observando e tentando encontrar onde estava meu talento único !?
Lembro de uma época que uma pessoa me dizia o quão produtivo eram nossas sessões e que gostava muito de como eu mesclava meus aprendizados.
Eu lhe respondi e me ouvi : esta é minha construção, está feita através do caminho que percorri, e isto passo a frente, em conexão com quem está comigo.
Ali começou meu entendimento até chegar numa compreensão que comecei sentir no meu próprio corpo.

Tudo o que eu faço e da maneira que eu faço, é meu talento único.

Tudo mesmo.
Porque sempre estarei no mundo através de uma construção interna, que só eu tenho, porque só eu estou transitei através da vida pelos meus caminhos, porque só eu sou eu.
E toda minha construção interna, física, mental, emocional, psicológica, espiritual está baseada nesta individualidade.
e as sinapses se dão através deste corpo, de forma única.
Isto serve para todos nós seres humanos.
Já somos extraordinários e surpreendentes, assim como somos.
E tem uma frase que me toca profundamente
“Gosto de mim por inteiro, mesmo com aqueles detalhes que eu mudaria”
Se me distraio logo volto-me para esta lembrança
Mergulho para dentro
Esta aceitação me faz mais harmoniosa com meu corpo e com tudo nele contido, com suas sutilezas, e se estou presente neste receptáculo tão precioso, fluo em compreensões
Só com minha energia ancorada nele, o corpo, posso ir além dele, meu parceiro mais íntimo nesta jornada …o corpo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: