Quando iniciei o blog combinei comigo mesma que compartilharia algo toda semana, e que seria na terça.
Dai a Bakthi, que me auxilia fez um flyer
Toda terça tem post no blog da Siari.
E aí fui seguindo minha intuição e escrevendo o que vinha, as vezes um questionamento de alguém numa sessão ou na vida, e surgia um texto.
As vezes trabalhava em algum texto que tinha, ou também algum texto que recebi e que me tocou muito profundamente, me trouxe um aprendizado libertador, e sentia vontade que mais alguém pudesse usufruir.
Muitos aprendizados compartilhados, varias pessoas me deram feedbacks da contribuição em suas vidas e em seu dia a dia.
Isto me dava uma alegria, sentia que estava dando exato no meu objetivo, a proposta sempre foi “colocar na roda”algum insight, alguma experiência vivida ou algum conhecimento adquirido.

O blog começou surgir dentro de mim, quando fui me dando conta de tantas coisas que vivi, as vezes conversando contava uma ou outra passagem na minha jornada de autoconhecimento, e já estava podendo reconhecer e reverenciar os aprendizados, estas conversas expontâneas eram com amizades, pacientes, em qualquer situação corriqueira na minha vida.
Um dia contei uma experiência minha a uma paciente, ela surpresa me disse : -nossa você também passou por isto
Respondi : – sim passei, afinal o que vivi e experienciei me compõe, e me dá base para ser humana, com qualidades humanas.
Ela me disse : nossa me dá até um alívio saber que então eu posso também conseguir, achava que com você era diferente, como se você já fosse assim sempre.
Isto me deu ainda mais vontade de compartilhar o quão humana sou.
E que a chegada onde estou, é validada através do caminho percorrido, e no caminho esta cada tijolo da construção.
Mas também ter certeza que sempre terei um lugar onde chegar porque a vida é movimento e mudança.
Aos poucos me vinha uma vontade de mostrar e dividir as pérolas que encontrei no meu caminho, mas ainda não sabia como, e sentia também que algo dentro de mim não me dava a permissão.
Respeitei o meu tempo e segui escrevendo ✍️ , as vezes postava algumas coisas no facebook e as vezes deixava guardado.

Até que a permissão chegou.
Fiz um módulo do curso das novas constelações e o tema era “não ter filhos”
Fui chamada para representar um feto abortado.
Ao entrar neste lugar, do feto, senti que o tempo que estive sendo gestado era o suficiente para o que eu precisava, e que estava tudo bem tive o que precisei. Nada me faltou.
Ao término da Constelação, senti me constelada porque vinha trabalhando nos últimos anos uma informação que me chegou que fui gerada “gêmea gemelar”, não soube, mas ninguém sabia, quando nasci 58 anos atrás não era usual exames, não soubemos que éramos gêmeos, nem que deixamos de ser no decorrer da gestação que seguia.
Mas mamãe sempre dizia que achava que iria morrer quando eu nascesse.
Sensível, Ela sentia a energia de morte, mas era do feto que foi gerado comigo e não sobreviveu.
Eu nem imaginava que isto era possível.
Mas algo em mim não tinha permissão de viver plenamente, já que meu irmão gêmeo não viveu.
Digo irmão gêmeo, porque sinto isto, mas nada que comprove.
Já havia terminado aquela constelação e meu corpo vibrava por dentro.
Observei.
Sentia um misto de emoção, leveza, uma vibração no meu corpo, e mais ao fundo uma tranquilidade.
Tomei meu tempo.
Ao final do curso estava bem.
Dois dias depois escrevi um texto e senti agora sim farei o blog
Publiquei no facebook preciso de ajuda para um blog, não estou conseguindo sozinha estruturar esta ferramenta pro blog.
Poucos minutos depois Bhakti, habilidosa, delicada, dedicada, cuidadosa, sensível e intuitiva, me chama no Messenger e começamos imediatamente.

Aproveito Bhakti para agradecer a dedicação e parceria em nossas trocas 🙏

Passamos o final de semana alinhando, montando, trocando e ao final, ficou pronto
Floresceu 🌷
No dia seguinte nós demos conta que seria o ano novo astrológico e concordamos em colocá-lo “no ar”
E assim foi um feliz ano novo astrológico de blog publicado.

Uma alegria enorme, e desde então dedico um tempo a escrever e deixar disponível a quem interessar.
Meus assuntos sempre tem uma reflexão para autoconhecimento, isto porque acredito muito neste caminho como uma possibilidade de uma vida mais leve, feliz e realizada
Afinal se consigo acessar onde estou presa, tenho possibilidade de transformar, tomando o aprendizado e aliviando a “mochila”
Agradeço a todos e todas que seguem o blog, que usufruem do que ofereço e a quem compartilha.
Meu coração 💓 fica muito feliz, faço isto porque me dá muita realização e transbordando ofereço a vocês.
Feliz aniversário 🎂 a nós
Agradecida

 

 

4 Replies to “Um ano de blog ðŸ‘ðŸ‘ðŸ‘”

Deixe uma resposta para Siari Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: