Ou podem ser a porta da liberdade se os observarmos e reconhecermos seus recados

As vezes estamos tão presos em nossos pensamentos, em nosso ponto de vista, que não saímos da repetição, e demora para perceber.

Presos naquilo que um dia fez sentido, que foi importante, porque era o tempo daquilo, que não conseguimos ir além e nem podemos perceber que o tempo das coisas passa

E que passou

E isto não é bom, nem mal

Só passou

Presos neste lugar não se pode perceber

Agora a uma nova oportunidade, de fazer novas escolhas, novos caminhos, novas experiências

Um pensamento tem sua força e sua potência, e se não conseguir identificar onde me prendo, fica trabalhoso seguir para uma nova escolha.

Lindo isto, mas bem teórico, na prática como posso fazer pra identificar se estou num círculo vicioso do pensamento e este associado numa crença

Posso compartilhar o que funcionou e funciona pra mim, e você pode testar em você, não é nada científico 🧪 mas experiências que testei a partir dos meus aprendizados.

Quando sinto um desconforto no corpo, uma tensão, ou se percebo que minha mente está turbulenta e sinto que não estou nem sentindo meu corpo, isto me gera uma sensação de cansaço, como se tivesse uma neblina na minha cabeça.

Logo sei que estou tomada por pensamentos muitas vezes desconexos, e que não estou presente em minhas ações.

Uma vez lendo um livro do Osho ele sugeriu um exercício :

pegue um papel 📝 e um lápis, e por dez minutos escreva tudo que lhe vem à mente sem se preocupar em fazer sentido ou não, qualquer pensamento, qualquer palavra, depois leia

Sou de vivenciar as coisas, escrevi , e depois li .

Pelamordedeus

Quanta coisa desnecessária passou pela minha mente nestes minutos, fiquei impressionada mas valeu muito pra me dar uma noção clara do ritmo dos pensamentos.

Também já tinha ouvido dizer, somos o que pensamos, me dei conta que então eu estava uma confusão, porque meus pensamentos estavam aleatórios a pouca coisa fazia sentido, juntei estas informações comecei a observar mais meus pensamentos e tentar compreendê-los para identificar o que me mantinha em alguns pensamentos específicos.

Para isto precisei de um pouco de determinação para “parar” um pouco por dia, focar na respiração, e “ocupar” meu corpo

Ao parar e ficar quieta, os pensamentos se mostravam mais claros e as vezes mais compulsivos, persisti e aprendi não brigar com eles nem tentar me livrar deles.

Apenas observar,

Descolado de mim,

Como se estivesse vendo um filme 🎥,

Observando as trilhas da mente, observando o sentido das trilhas, as vezes acusando, as vezes atacando, as vezes me defendendo,

Nesta observação, focada na respiração me trazendo de volta para meu corpo, e aproveitando uns fragmentos de tempo bem ancorada dentro, sem brigar com os pensamentos cada vez que viajava, voltava minha atenção para minha respiração e para o espaço que o ar ocupava no meu corpo.

Sem brigar com os pensamentos, apenas observando.

Usando também outra informação de um livro do Depaak Chopra, “onde coloco minha atenção energizo” se colocar a atenção nos pensamentos irei energiza los, então se quero aquietar a mente minha atenção na respiração mantinha me mais calma.

Fui experimentando este caminho, utilizo estes recursos ainda hoje quando me sinto muito agitada.

Hoje acrescento, ao parar e observar a respiração e os pensamentos, e se tenho alguma demanda que me inquieta, me pergunto : o que preciso saber ou aprender com esta inquietude, e me coloco a disposição para observar o que vem.

Intenção colocada, no tempo certo e na condição adequada, quietude, a resposta vem.

Ouvi também uma vez : a manifestação do divino se dá no silêncio.

A mente fala alto e Deus sussurra nos seus ouvidos, então aquietando a mente a conexão com o Criador fica mais possível.

Tempo, observação, paciência, boa vontade e algumas informações que me motivaram e, em especial a experiência e os resultados do que sinto, foram e são minha motivação para pausar, no dia a dia.

Assim descarrego e recarrego.

#siari

#constelaçãofamiliar #psicologia #autoconhecimento #autorresponsabilidade #autoobservação #escolhas

#meditação #silencio #pensamento #mente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: