E se a inspiração fosse o fragmento entre um pensamento e outro ?

E se O silêncio estivesse habitado em nosso ser?

E se a inspiração lá residisse?

E se para acessá-la, necessitasse acalmar, observar e silenciar os pensamentos ?

E se isto só acontecesse se silenciasse a mente que incessantemente quer correr para algum lugar e tagarelar, falar, falar e falar, se convencer para convencer.

Para quem ?

Para que?

Para ter algo, que só será manifestado neste fragmento de silêncio 🤫

Dentro, onde habita meu melhor, meu Ser, mas este local as vezes desconhecido, distante, porque a busca sempre foi fora… fora de mim…

O que busco então ?

Eu quem ?

O ego … o ego quer aplauso, quer olhares, quer likes

A alma quer calma.

Hora de escolher onde quero florescer…

flor 🌷 e Ser…

Onde escolho? fora ou dentro?

Fora, aflora a carência e a dependência.

Dentro aflora a forma e expressão do “Ser” que está disposto e disponível para a vida que almeja ser vivida para ser florida, como um jardim na primavera.

Dentro.

Escolha feita, hora de investir e me vestir de mim, para assim poder optar e trabalhar para alcançar cada dia mais espaço na alma, que com calma se expande.

A calma está no silêncio da mente, que quando agitada mantem a turbulência, que agita a frequência e inquieta o corpo, que sem saber a obedece e distância do caminho tão buscado.

Se busco o apoio fora me distancio de mim, deste espaço, único ímpar de onde sai o meu melhor.

Onde encontro com minha expressão

Minha inspiração que *“é a infusão da vontade divina na consciência humana”

Onde habita minha canção e posso transbordar o meu coração desta sabedoria que me habita.

E me habilita a partir da consciência que acorda e produz os acordes da minha música de alma, e assim transbordo em palavras e compartilho o que sinto com verdade e transparência, sem carência e com clareza, as vezes nem tão claro, mas ao expressá-lo clareando vai.

O que sinto e recinto só mergulhando no universo interno posso encontrar.

Assim o inesperado pode ser encontrado ou quem sabe .. reencontrado

Afinal … já lá está,

Mas como acreditar se nunca vi ?

Tentando, testando, persistindo e abrindo o caminho com carinho, com auto observação e auto conhecimento, no reconhecimento do meu desvendar, vou seguindo.

Aí sim, posso me ver e rever neste fragmento de tempo entre a pausa de uma respiração e outra.

Como a pausa que define o próximo parágrafo de uma 🎶 música.

Como a manifestação divina presente na pausa quase imperceptível entre o inspirar e o exalar o ar.

Sem saber, sem prever, sem se atentar, perdemos a inspiração nesta manifestação divina em cada respiração, assim perdemos nossa inspiração, nossa canção, preocupados com a perfeição, que já é e aguarda que possamos estar presentes 💝 para receber este presente 🎁.

Que já nos habita e nos aguarda.

Nesta “pausa”reside o que tanto buscamos fora.

É dentro …

Ali mora o silêncio, ali é a fonte da inspiração onde brota a canção que sai pelo meu coração como uma oração da minha alma que com calma acalma a mente “caliente” e carente que busca fora …

o que só poderei encontrar dentro

Bem aqui … dentro de mim

Minha beleza habita em minha alma que com calma se desvenda.

*priberam dicionário

#siari #constelaçãofamiliar #psicologia #escolhas #autoconhecimento #autorresponsabilidade #autoobservação #momentopresente #dentro #almacomcalma #pausa #inspiração #silencio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: