A incapacidade de receber apoio de outras pessoas é uma resposta ao trauma.

Este texto é de : Jamila White
Tradução: Guilherme Ashara
Por @despertarodivino . Compartilho porque achei maravilhoso e pode ser uma contribuição.

A incapacidade de receber apoio de outras pessoas é uma resposta ao trauma.

Seu condicionamento “Eu não preciso de ninguém, vou fazer tudo sozinho” é uma estratégia de sobrevivência. E você precisava disso para proteger seu coração de abusos, negligência, traição e decepção daqueles que não podiam ou não queriam estar ao seu lado.

Do pai que estava ausente e a abandonou por escolha ou dos pais que nunca estiveram em casa depois de trabalhar em três empregos para alimentá-la e abrigá-la.

Dos amantes que ofereceram intimidade sexual, mas nunca ofereceram um porto seguro que honrasse seu coração.

Das amizades e da família que SEMPRE tiraram mais do que deram.

De todas as situações em que alguém lhe disse “estamos nisso juntos” ou “estou com você” e então a abandonou, deixando você juntando os cacos quando a merda se tornou real, deixando você cuidando da sua parte e da parte dele também.

De todas as mentiras e todas as traições.

Você aprendeu ao longo do caminho que simplesmente não podia confiar nas pessoas. Ou que você pode confiar nas pessoas, mas apenas até certo ponto.

Extrema independência é uma questão de confiança.

Você aprendeu: se eu não me colocar em uma situação na qual eu não conte com alguém, não terei que me decepcionar quando eles não aparecerem para mim, ou quando eles deixarem a bola cair … porque eles SEMPRE irão deixar a bola cair EVENTUALMENTE, certo?

Você pode até ter sido intencionalmente ensinado essa estratégia de proteção por gerações de ancestrais feridos que vieram antes de você.

A independência extrema é um golpe preventivo contra o coração partido.

Então, você não confia em ninguém.

E você também não confia em si mesmo para escolher pessoas.

Confiar é ter esperança, confiar é ser vulnerável.

“Nunca mais”, você jura.

Mas não importa como você o disfarça e o exiba com orgulho para fazer parecer que esse nível de independência é o que você sempre quis ter, na verdade quem está lá é seu coração ferido, cheio de cicatrizes, partido atrás de uma parede de proteção de tijolos.

Impenetrável. Nada entra. Nenhuma mágoa entra. Mas nenhum amor entra também.

Fortalezas e armaduras são para aqueles que estão em batalha ou que acreditam que a batalha está chegando.

É uma resposta ao trauma.

A boa notícia é que um trauma que é reconhecido, é um trauma que pode ser curado.

Você é digno de ter apoio.
Você é digno de ter uma parceria verdadeira.
Você é digno de amor.
Você é digno de ter seu coração sustentado.
Você é digno de ser adorado.
Você é digno de ser amado.
Você é digno de alguém dizer: “descanse. Eu seguro isso.” E realmente cumprir essa promessa.
Você é digno de receber.
Você é digno de receber.
Você é digno.

Você não precisa merecê-lo.
Você não tem que provar isso.
Você não tem que negociar por isso.
Você não tem que implorar por isso.

Você é digno.
Valioso.
Simplesmente porque você existe.

Jamila White
Tradução: Guilherme Ashara
Por @despertarodivino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: