IMG_2192Atuo como psicóloga.

Minha primeira formação foi Educação Física. Antes disto, transitei desde secretária/faxineira – num consultório dentário – até a secretaria numa fábrica de armas e munições – o que me gerou um carma, sem que eu imaginasse, e que foi liberado muitos anos depois.

Antes de tudo, o que sempre me moveu foi o desvendar as inquietudes que sempre tocaram meu coração .

E bem antes de cursar psicologia já buscava por mim mesma e nem sabia!

Nunca fui uma pessoa de aceitar: é assim mesmo! Sempre busquei novas possibilidades quando não estava bom .

Cheguei na psicologia porque é onde meu darma se dá.

Tive bulimia, fui compulsiva por exercício físico e sempre fui muito exigente . Na busca angustiada da cura da bulimia(porque isto faz muito tempo e não se falava e nem se sabia muito sobre o assunto -eram poucos casos e muito velados) cheguei no renascimento. Foi quando comecei sentir e juntar o que sabia com o que sentia.

No processo terapêutico entendia tudo, mas sentia tudo diferente .

Neste trajeto atuei como professora de educação física , esteticista , professora de estética, massagista , ministrei cursos de shiatsu , do-in , massagem ayurvédica , atuei como renascedora , terapeuta corporal , reikiana e outras atuações que foram tijolos de minha construção .

Fiz várias terapias e frequentei diferentes escolas de autoconhecimento. Tive vários mestres. A cada passo surgia aquele que eu precisava para aquele momento e sempre fui me abrindo para seguir o chamado do meu coração. Em algumas escolas estive mais tempo, em outras um pouco menos, mas todas estão incluídas no meu coração com a certeza de que nenhuma delas poderia estar fora. Caso contrário, eu não seria o que estou sendo hoje ….

E em construção, sempre.

Quando comecei a trabalhar com dependência química venci a preguiça de voltar pra faculdade e fiz psicologia .

Paralelamente fazendo meu trabalho pessoal, renascimento, meditações ativas, transcendental, primal, descondicionamento, pathwork, intensivos de espiritualidade, estive sete vezes na Índia, 14 vezes no na floresta amazônica.

E a cada tijolo que se acrescentava a construção ia tomando sua forma .

E muito especial em 2005 conheci a constelação familiar, daí, uma jornada paralela se deu . Nesta Abordagem estive em várias formações, todas complementares também .

Até que conheci o trabalho pessoalmente com o fundador da Constelação e me tocou muito. Aos poucos, fui encontrando meu lugar na minha constelação familiar e consequentemente no mundo .

Estive na Alemanha por três vezes no mesmo ano, o que me deu condição para começar trabalhar com o que se apresentou lá .

Fui sendo conduzida para o lugar onde devo estar.

No mundo .

Nesta sequência conheci as Novas Constelações Quânticas, o que abriu um novo olhar e um novo viver .

Nos últimos anos venho atuando com Constelação Familiar Quântica – de forma individual e em grupos – e com a Psicologia, com um aprofundamento no estudo dos egos, mapeando as crenças, e a partir da autoaceitação, autoacolhimento e superação do auto julgamento punitivo, caminhando em direção a autorresponsabilidade, focando o aprendizado contido naquilo que deu diferente do imaginado, incluindo tudo como uma parte necessária , e conduzindo para o florescimento do ser.

Aos poucos foi brotando um jeito de trabalhar a partir deste canal que estou .

Enfim isto é um resumo , se fosse detalhar daria um livro.

Suficientemente, Siari.